ouvido humano

Muitas vezes se ouve dizer que as mulheres falam demais… Mas não tem problema. Porque o ouvido masculino (seletivo) escuta somente o que interessa. Preste atenção: O que a mulher diz: - Esse lugar está uma bagunça, amor! Você e eu precisamos limpar isto. Suas coisas estão jogadas no chão e você vai ficar sem roupas pra usar se não lavá-las agora mesmo. O que o homem escuta: blah, blah, blah, blah, AMOR, blah, blah, blah, blah, VOCÊ E EU, blah, blah, blah, blah, NO CHÃO, blah, blah, blah, blah, SEM ROUPAS, blah, blah, blah, blah, AGORA MESMO. (Carlos Drummond de Andrade)

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Tortura X Comodidade!

           E o casamento em? sabe quantos casais vivem só para manter as aparências? claro que não, nem o IBGE sabe, mas nos como detetives amadores somos otimos em perceber as coisas, as vezes um dos casais nos conta, comos somos bons ouvintes ficamos sabendo o que esta se passando, mas o que leva uma pessoa a continuar morando com outra sem sentir mais nada? alguns dizem que são por causa dos filhos, mesmo muitos dizendo que filho não segura casamento, outros por não terem para onde ir, não saem de casa, deve ser uma tortura, um pé no saco, você não tem mais relações, amizade, nada, mesmo dormindo debaixo do mesmo teto, quando não dormem na mesma cama! o casal tentou de tudo pra salvar seu casamento, ate amigos e parentes se intrometeram, mas, acabou-se o que era doce ou então salgado, claro que existe vida fora do casamento, depois de um certo tempo ambos se relacionam com outras pessoas, nem que seja em busca de um relacionamento sem compromisso, o que vemos por ai, é que mesmo muita gente dizendo que não quer se envolver com mais ninguém, volta e meia essas pessoas voltam a morar com alguém, as vezes ate com a(o) ex, de uma coisa eles aprenderam; quando a situação chegar no ponto que ambos estão dormindo de costa um pro outro, é bom botar sua escova de dentes de molho, se  preparar para abandonar o barco e arrumar outra companhia, no fundo a solidão é uma perda de tempo, como todos sabemos; nenhum homem é uma ilha!!!!!

2 comentários:

Antonio C M Macedo disse...

Segui a risca a sua proposta apontada no final do último parágrafo, no 5º casamento acertei os ponteiros !
Abraços

cidissima disse...

Casa é uma construção de cimento e tijolos. Lar é uma construção de valores e princípios.
O lar é o centro de resolução de problemas. Ou o começo deles.
Ou por comodismo ou por falta de iniciativa, muitos casais se atropelam em brigas e nada fazem para pôr um fim na relação. E quando isso acontece, os efeitos colaterais são esparramados pela família toda. Filhos insatisfeitos. Na realidade são as crianças as mais penalizadas.
Mas o amor um dia acaba. Um dos dois deixa de aquecer o coração, não atualiza as diversas formas de amar. Nenhum dos dois cedeu de alguma forma. Não respeitou a liberdade adquirida antes da união. Sufocou de alguma maneira, a voz de uma sociedade feita no cartório.
A teoria sempre foi diferente da prática. Casamento não é cumprir os desígnios da formalidade e sim uma troca de respeito, união e livre arbítrio: À qualquer momento um ou ambos deve partir para novos projetos.

Abraços de Cida