ouvido humano

Muitas vezes se ouve dizer que as mulheres falam demais… Mas não tem problema. Porque o ouvido masculino (seletivo) escuta somente o que interessa. Preste atenção: O que a mulher diz: - Esse lugar está uma bagunça, amor! Você e eu precisamos limpar isto. Suas coisas estão jogadas no chão e você vai ficar sem roupas pra usar se não lavá-las agora mesmo. O que o homem escuta: blah, blah, blah, blah, AMOR, blah, blah, blah, blah, VOCÊ E EU, blah, blah, blah, blah, NO CHÃO, blah, blah, blah, blah, SEM ROUPAS, blah, blah, blah, blah, AGORA MESMO. (Carlos Drummond de Andrade)

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Pinoquios

        Até que ponto somos sinceros conosco e com os outros? no fundo somos hipócritas, quantas vezes queremos dizer a verdade e por amizade, educação ou outro motivo qualquer, escondemos a verdade, se realmente quizessemos falar tudo que nos vinhesse a mente, se deixássemos nossa consciência tomar a frente, muitas coisas sairiam erradas, sim, é fato, a verdade doí! imagine a cena; chegou seu exame medico e você esta com câncer maligno, só que  não quer contar a ninguém por vários motivos, alem de não querer que lhe olhem como se já estivesse com o pé na cova e não gostaria de ser tratado com piedade, quando lhe perguntam como você esta de saúde, o que responde? que esta muito bem, obrigada, por que agir assim? por que mentir? e se a outra pessoa já souber, mas por respeito não diz, fico imaginando o desperdício, pois ao contar seu problema, muitas pessoas poderiam lhe ajudar, com palavras, gestos, enfim, gostamos de esconder nossos sentimentos, outro exemplo: a mulher do seu melhor amigo começa a dar em cima de você, qual sua atitude? transa , já que sempre sentiu tesão por ela, não sai  e na frente do seu amigo abre o jogo ou sai, tira fotos dela nua, joga na net e ainda mostra pro seu amigo, o que você faria? imagine essa mesma situação, só que sendo com o marido de sua melhor amiga, não falar a verdade significa mentir ou omitir? muitos irão dizer; depende da situação, não é verdade? temos uma mascara desde que nascemos e que nos acompanhara ate o fim de nossa vida, cada situação exigira uma mascara diferente, tem pessoas que só tem duas mascaras, outras, tem varias, hoje nem sei  qual estou usando, abri a gaveta e peguei a primeira que minhas mãos tocaram, mentimos e mentem pra nos, isso faz parte da humanidade, com o tempo vamos adquirindo mais experiências e o nariz não crescera tanto!!!!!!!!!!

Um comentário:

Flor disse...

Após ler seu post, querido Lion, vieram-me à mente alguns conceitos que têm tudo a ver com sua interessantíssima abordagem!

De acordo com a Wikipédia (a enciclopédia livre) Persona (do latim persona), é uma palavra derivada do verbo personare, ou "soar através de". Na psicologia analítica (Jung), é dado o nome de persona à função psíquica relacional voltada ao mundo externo, na busca de adaptação social. Nesta acepção, opõe-se à sizígia (animus/anima), responsável pela adaptação ao mundo interno. No processo de individuação, a primeira etapa é, justamente, a elaboração da persona desenvolvida, em termos de sua relatividade frente à personalidade como um todo. Nos sonhos, costuma aparecer sob várias imagens/formas.

Persona, no uso coloquial, é um papel social ou personagem vivido por um ator. É uma palavra italiana derivada do Latin para um tipo de máscara feita para resoar com a voz do ator (per sonare sigifica "soar através de"), permitindo que fosse bem ouvida pelos espectadores, bem como para dar ao ator a aparência que o papel exigia.
A palavra latina derivada da palavra etrusca "phersu", com o mesmo significado, e seu significado no último período Romano alterado para indicar um "personagem" de uma performance teatral.
Persona signfica literalmente "máscara", apesar de normalmente não se referir a uma máscara literal mas às "máscaras sociais" que todos os seres humanos supostamente vestem.
No estudo da comunicação, persona é um termo dado para descrever as versões de si mesmo que todos os indivíduos possuem. Comportamentos são selecionados de acordo com a impressão desejada que um indivíduo deseja criar quando interage com outra pessoa. Portanto, a persona apresentada por outras pessoas variam de acordo com o ambiente social que a pessoa estiver inserida, em particular a persona mostrada perante os outros se diferenciarão da persona que um indivíduo irá apresentar quando ele/ela estiver sozinho.


Beijos de Flor!