ouvido humano

Muitas vezes se ouve dizer que as mulheres falam demais… Mas não tem problema. Porque o ouvido masculino (seletivo) escuta somente o que interessa. Preste atenção: O que a mulher diz: - Esse lugar está uma bagunça, amor! Você e eu precisamos limpar isto. Suas coisas estão jogadas no chão e você vai ficar sem roupas pra usar se não lavá-las agora mesmo. O que o homem escuta: blah, blah, blah, blah, AMOR, blah, blah, blah, blah, VOCÊ E EU, blah, blah, blah, blah, NO CHÃO, blah, blah, blah, blah, SEM ROUPAS, blah, blah, blah, blah, AGORA MESMO. (Carlos Drummond de Andrade)

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

ABRINDO, FECHANDO E DESTRUINDO OS ARMÁRIOS

              O que se passa na cabeça dos pais quando descobrem que seu filho(a) é homossexual? claro que independente da opção, os pais sempre dirão que os amarão da mesma forma, mas sera que é isso mesmo? no fundo eles querem que seus filhos sejam "normais", eles querem ser avos. Depois da fase da descoberta, vem a raiva, a incompreensão, o desgosto, a vergonha, o desprezo, a culpa e finalmente a aceitação. Os pais sempre se perguntarão; onde foi que errei? mesmo no tempo de hoje tem pais que expulsam o filho de casa, pois eles não tem estrutura para suportar as piadinhas de parentes e amigos. Para alguns especialistas o homossexualismo é considerado uma doença, para outros é apenas um desvio de conduta, sem esquecer daqueles que dizem que é falta de uma boa surra, bom, tem explicação pra tudo, não serei eu, um simples mortal hetero, que as darei. O que mais ouvimos por ai é; " não tenho preconceito contra os homossexuais", isso é lindo, mas essa mesma pessoa ao sentar-se ao lado de alguem e perceber que é um gay, tenta logo se afastar. Pergunto a você; e se acontecesse com alguem próximo a você, como agiria? ate onde vai seu preconceito? aquela expressão: " Viva e deixe Viver" é ótima, mas...    percebo que  nossa sociedade hipócrita esta mudando, esta mais flexível para alguns conceitos que antes nem eram sequer mencionados, é isso mesmo, o que antes era sinonimo de educação, bons costumes, hoje alguns rotulam de ultrapassados, fora de moda, bom, não troco meu Bom Dia pelo seu Ok, ok?

4 comentários:

Suely Queiroz disse...

respeito a opção de cada um, porem sou completamente contra a adoção de casais homosexuais. Como explicar a uma criança essa situação. Cada um vive como quer e com quem quer, apenas estou expressando minha opinão.

Cecilia sfalsin disse...

Ei Flávio,

Situação bem delicada e com certeza ainda com grandes interrogações abraçadas a sensatez , ao tempo, a paciência e com certeza a maturidade de cada um...

Beijos

Samanta Sammy disse...

Olá como vai?

Gostei muito da reflexão que nos trouxe. Apesar de gritarmos a plenos pulmões que somos evoluídos, que não temos preconceitos, etc, isso ainda está longe de ser demonstrado em nossas atitudes... Não sei como eu agiria nestes casos, mas serei sincera de que seria um grande baque por diversos motivos, incluindo aquele desejo íntimo, como você disse, de querer que nossos entes queridos sejam "normais" ou seja, sigam um padrão, etc. Por outro lado tememos pelos que amamos, pois o mundo ainda é muito preconceituoso e eles vão sofrer por conta disso... Mas será que sofrerão mesmo? Acho que uma pessoa "assumida" é feliz por ser quem é, por não ter que se esconder, etc :)
Hoje em dia sem dúvidas avançamos bastante nesta questão, a liberdade está bem maior e já existem muitos que não julgam mais os outros e nãos e incomodam muito com as diferenças. Mas acho que ainda temos que mudar bastante :)

Grande abraço e boa semana :D

Danilo Didho disse...

Realmente nossa sociedade age de forma preconceituosa. É uma vergonha que continuemos movidos pela aparencia ou pelos padrões sociais não suportando outras formas ou novos conceitos. E então olhamos para o passado e descobrimos através de mortes na fogueira, tortura e chicotadas abalaram a humanidade a notamos que isto não reduziu nossa hipocrezia podendo repetir-se até mesmo nos dias atuais caso não tornemo-nos tolerantes.