ouvido humano

Muitas vezes se ouve dizer que as mulheres falam demais… Mas não tem problema. Porque o ouvido masculino (seletivo) escuta somente o que interessa. Preste atenção: O que a mulher diz: - Esse lugar está uma bagunça, amor! Você e eu precisamos limpar isto. Suas coisas estão jogadas no chão e você vai ficar sem roupas pra usar se não lavá-las agora mesmo. O que o homem escuta: blah, blah, blah, blah, AMOR, blah, blah, blah, blah, VOCÊ E EU, blah, blah, blah, blah, NO CHÃO, blah, blah, blah, blah, SEM ROUPAS, blah, blah, blah, blah, AGORA MESMO. (Carlos Drummond de Andrade)

sábado, 13 de outubro de 2012

LUZES, CÂMERAS, AÇÃO!

    Quantas vezes não usamos essa expressão; a minha vida é uma novela ou ela daria um filme, na maioria dos casos, nos referimos a isso quando nossa situação não esta muito boa, seja no campo profissional e principalmente no pessoal. Partindo dessa afirmação, vamos conjeturar;  se tivesse a oportunidade de fazer um filme sobre você, o que mostraria? coisas boas, maravilhosas, fantasiosas? ou só coisas negativas, as dificuldades, os dissabores, os medos? ou mesclaria?, qual ator ou atriz  interpretaria esse grande papel? quem escolheria para serem os coadjuvantes, qual o diretor, onde seriam as locações? sem esquecer do título, que gênero seria utilizado? comedia, romance, drama, aventura, terror, infantil, adulto. É assim que muito de nos enxergamos a vida, uma mistura de realidade e muitos sonhos, é como certos homens que nunca cresceram ou mulheres que ainda fazem de suas bonecas suas melhores amigas, "nossa vida é um palco iluminado", mas sempre terá alguém para querer apagar a nossa luz, isso é inevitável, por mais que tentamos agradar a plateia(pessoas), sempre haverá um personagem agindo para queimar nosso filme. Um pequeno conselho; se apenas um filme não é suficiente para te deixar satisfeito, faça continuações ou remakes, mude o roteirista, reescreva sua historia, afinal como protogonista dessa odisseia, cabe a você escolher qual final chegue mais perto da verdade, mesmo usando como pano de fundo a ficção. Se sua vida é um filme, espero que um dia, todos possamos assisti-lo e dele tirar alguma lição.!!!!!!!!!!!!!

Um comentário:

Suely Queiroz disse...

LUZES, CÂMERAS, AÇÃO!

Se eu fosse escolher entre uma novela e um filme, eu escolheria o filme onde não mesclaria nada contaria na integra, para que pude-se servi de exemplo e evitar que outras pessoas passassem pelo que vivi , para que não ficasem caladas diante de tantas brutalidades que a vida nos faz passar.